Foram deixados no lixo por uma pessoa extremamente cruel e desumana. As suas peles estavam quase apodrecendo, mas algo Inesperado Acontece!

Foram deixados no lixo por uma pessoa extremamente cruel e desumana. As suas peles estavam quase apodrecendo, mas algo Inesperado Acontece!

Os cães são considerados os “melhores amigos do homem”, contudo nem sempre parece que o homem quer retribuir esse amor e carinho incondicional. Muitas vezes vitimas de maus tratos,abandonados, a vida destes e outros animais estão diariamente em risco. E por este tipo de comportamentos e realidades, foi o que quase viria a acontecer a 6 cãezinhos, que foram abandonados.

Tudo começou quando a equipa do Detroid Dog Rescue (DDR) foi chamada para um resgate. Uma vez chegando ao local, a diretora-executiva da organização, Kristina Rinaldi, encontrou seis cãezinhos sem nenhum pelo, cheios de feridas e com febre bastante alta. O motivo? Contaminação por sarnas.
“Eu vi um monte de casos de sarna na minha carreira de resgate de cães, mas esta foi a pior sarna que eu já tinha visto. Os gânglios linfáticos estavam inchados, os olhos estavam inchados e a pele estava descascada”, disse Kristina Rinaldi.


Os cãezinhos foram levados para o local onde seriam tratados e, graças a uma parceria que a DDR fez com profissionais de uma clínica veterinária local, pessoal especializado estava a espera de receber estes pobres cãezinhos.
Tristemente, a caminho da clinica dois deles não resistiram e acabaram por falecer. Os outros quatro estavam muito fraquinhos e tudo indicava que seria uma batalha impossível de se vencer, mas Kristina jamais desistiu.
Os quatro caezinhos foram baptizados carinhosamente de Wilbur, Petunia, Pinkie e Arthur. Ficaram na clínica em tratamento por 12 semanas e recebiam visitas diárias dos voluntários da DDR.



Depois de todo o tratamento, eles já estavam muito mais fortes e foram levados até o abrigo, onde começariam a esperar por uma nova família que pudesse adoptá-los e dar a eles muito amor e carinho.
Até que seus pelos pudesse crescer novamente, os filhotes eram vestidos com roupinhas de bebê, para que sua pele não ficasse exposta e para não se aleijarem. Depois de 8 meses, já era possível ver e sentir seus pelos macios e brilhantes.
Totalmente recuperados, os cãezinhos foram adoptados por famílias muito amorosas. E, apesar de seu histórico de saúde, eles são agora cãezinhos muito saudáveis e podem levar uma vida normal.


Wilbur, Petunia, Pinkie e Arthur conseguiram encontrar pessoas dispostas a amá-los, mas, assim como eles, existem cãezinhos em sua zona que também precisam de ajuda. Que tal fazer uma visita no abrigo mais próximo de sua zona e ver se tem algum cãozinho precisar de amor e carinho? Eles certamente irão retribuir esse amor consigo.